loading Aguarde...

Descubra os benefícios do sorvete

Sorvete é a cara do verão! Uma opção refrescante para a estação mais quente do ano. Mas o que você talvez não saiba é que os especialistas indicam o consumo de sorvete o ano todo. Com moderação, ele pode trazer vários benefícios à saúde. “Em pessoas saudáveis, ele pode contribuir como fonte de proteínas e carboidratos, desde que faça parte de uma dieta equilibrada, sem exageros”, afirma Sandra Lúcia Fernandes, nutróloga da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN).

 

A base de um bom sorvete é seu ingrediente principal. As bolhas de ar, cristais de gelo e glóbulos de gordura é que vão transformar esse ingrediente na textura cremosa que reconhecemos como sorvete. O valor calórico dependerá da sua composição, ou seja, das matérias-primas utilizadas para sua fabricação. Um sorvete produzido com leite fornecerá maior quantidade de proteínas e gordura se comparado a um que utiliza água — conhecidos como sorbet.

 

É bastante comum esse alimento ser utilizado em hospitais, especialmente por crianças submetidas à quimioterapia para combater o câncer, que têm dificuldade de se alimentar. Além do valor nutritivo, por ser gelado, o sorvete é um ótimo analgésico e ajuda a evitar as náuseas causadas pelo tratamento nas crianças. Nas cirurgias na região da garganta, ele poderá ser indicado, mas o médico deve avaliar se não haverá risco de proliferação de bactérias que agravem alguma infecção.

Segundo a Associação Brasileira de Indústria de Sorvetes (ABIS), o consumo do sorvete no Brasil ainda é baixo se comparado aos países europeus. Nos países nórdicos, de clima frio, ele é consumido o ano inteiro. Mas as pesquisas mostram que, desde 2003, nosso consumo cresceu 63,07%.

Do ponto de vista nutricional, o sorvete é também um excelente complemento alimentar e possui alto valor nutritivo. A razão para isso é que ele contém proteínas, açúcares, gordura vegetal e/ou animal, vitaminas A, B1, B2, B6, C, D, K, cálcio, fósforo e outros minerais essenciais numa nutrição balanceada. Por ter alto teor calórico e proteico, ele igualmente contribui na síntese de proteínas e ainda age como fonte de energia.